NOSSOS MESTRES INESQUECÍVEIS

 

PProfessora

Maria Aparecida Ribeiro Cambusano

* Fundamental *

 

A professora "Cida Cambusano" que por 30 anos iniciou muitos jacareienses na alfabetização, lecionando no G.E. João Feliciano e sempre na 1a. Série, é natural de Jacareí, onde nasceu em 23 de janeiro de 1927.

Ela é filha do saudoso jornalista Higino Ribeiro de Carvalho e de Elzira Toledo Ribeiro. Morou até os 18 anos, na Chácara Boa Vista de propriedade de seu pai, até que a chácara de 16 alqueires, foi desapropriada, de forma amigável, pela Fazenda do Estado de São Paulo, para que se agregasse 'a área já existente do Preventório de Jacareí, para o Departamento de de Profilaxia da Lepra, pelo Interventor Federal no Estado de São Paulo, Sr. Fernando Costa, em 19 de março de 1945. Atualmente todo o espaço é ocupado pelo Viveiro Municipal "Seu Moura".

Começou seus estudos na Escolinha das Irmãs, que se localizava ao lado da Santa Casa de Misericórdia de Jacareí.Concluído o curso primário, foi estudar em São José dos Campos e posteriormente o Curso Normal, concluído no Colégio Antonio Afonso, escola que mais se lembra e tem as melhores recordações.

Já com 18 anos de idade, era estagiária na GE João Feliciano e professora em uma escola na cidade Santa Branca.

Aos 20 anos se casa com Roberto Cambusano, que a poucos anos atrás tinha retornado da Segunda Guerra Mundial. Conhecera Roberto em 1944, na famosa praça das paqueras na época, ou seja, Praça Conde Frontin. Roberto, de família já bem conhecida na cidade, gostava de freqüentar os bailes, se dizia até que era mulherengo, mas ali iniciava uma paixão, e repetindo as palavras dele, em entrevista ao saudoso Jobanito, teria conhecido e se apaixonado por uma mulher, que iria atrapalhar sua vida, no bom sentido é claro.

Porém a convocação para a Guerra, interrompeu o romance, por um período. Findado a guerra, para alegria da família dele e de "Cida" reataram o namoro, e em 1947 se casaram e foram felizes até os últimos dias de Roberto, que faleceu em 28 de agosto de 2013, aos 93 anos de idade.

Desta união feliz, que durou 66 anos, nasceram Roseny e Roberto Cambusano Filho e depois os netos.

Com o casamento, "Cida Cambusano" foi transferida em caráter definitivo para o GE "João Feliciano" onde ficou por exatos 30 anos, até se aposentar.

Em seus momentos de recordações, conta que muitos de seus ex-alunos "viraram homens de verdade" tendo sucesso em suas carreiras. "Fico feliz de ter iniciado os estudos de muitos alunos que se tornaram professores, médicos, advogados, contadores e de tantos outros profissionais, é a recompensa pela dedicação", explicando que era exigente com a caligrafia e com as primeiras "continhas de matemática". Conta que convidava, e muitos iam, em sua casa, nos horários contrários das aulas, para terem umas horinhas a mais de "reforço", tempo esse que ela não se arrepende de ter dedicado aos alunos menos dotados e com letras ruins.

Mesmo depois de aposentada, gostava de receber alguns "alunos de outros professores" para ensinar caligrafia, o que tornava sua vida mais alegre, sabendo que estava ajudando essas crianças em seu desenvolvimento, fazendo aquilo que mais ela gostava de fazer: "ensinar".

"Cida Cambusano" ainda mora na Rua João Américo da Silva, no centro de Jacareí, totalmente lúcida no auge de seus 92 anos de idade. e se sente feliz e realizada a cada dia, por ter tantas boas recordações que o magistério lhe proporcionou...   

 

PÁGINA INICIAL GALERIA DE FOTOS PROFESSORES

Este site é administrado e gerenciado por Celso Luís Vasques -  Editado pela última vez em 12/02/2020 11:52

Envios de arquivos, fotos e correções para jacarei@jacarei.blog.br - WhatsApp > 12-997798242