NOSSOS MESTRES INESQUECÍVEIS

 

PProfessor

Hugo del Mônaco

* Fundamental - Diretor *

 

Hugo Del Mônaco nasceu em Lorena, em 29 de abril de 1919, sendo filho de Pascoal Del Mônaco, italiano, natural de Caserta, que veio para o Brasil com 17 anos de idade e de Maria Joana Brancati Del Mônaco, francesa vinda para o Brasil aos cinco anos de idade, natural de Nerac.     

De seus 11 irmãos, seis dedicaram-se ao magistério e 2 tornaram-se Sacerdotes Salesianos, portanto, educadores também.

Foi casado com a Sra. Maria de Lourdes Caldas Del Mônaco, com quem teve os seguintes filhos: Engenheiro Hugo César Caldas Del Mônaco ( falecido ) e o Engenheiro João Pascoal Caldas Del Mônaco.

Cursou o primário no Grupo Escolar Conde Moreira Lima e o ginasial no tradicional Colégio São Joaquim, ambos em Lorena / SP.

Em 1938 passou a trabalhar como Assistente de Internato no Colégio Salesiano Dom Bosco, atualmente Instituto Salesiano Dom Henrique Mourão, em Lins / SP, onde concluiu o curso normal.

De 1939 a 1940 foi Substituto Efetivo no Grupo Escolar Gabriel Prestes, em Lorena. Ingressou no Magistério Estadual por concurso.

Aprovado em concurso para Diretor, exerceu o cargo em Monte Aprazível, Pindorama e Coroados.

Em 1951, removeu-se para Jacareí, como Diretor do Grupo Escolar João Feliciano, aposentando-se em 1977, após dedicar 38 anos no exercício do Magistério Estadual.

Quando o Professor Hugo assumiu a Diretoria do Grupo Escolar João Feliciano, em 1951, o mesmo funcionava em uma casa antiga na Rua Marcolina. Com o passar do tempo, a casa, construção antiga, foi se deteriorando e também o espaço se tornava insuficiente para abrigar todas as classes de aula.

O Professor Hugo passou a reivindicar a construção de um prédio próprio em um terreno na Rua Dr. Alfredo Ramos. Foram muitas gestões junto às autoridades Municipais e Estaduais.

Iniciou-se a construção, mas, antes de seu término, as condições precárias da casa, à Rua Marcolina, agravaram-se. Por medida de segurança, os alunos foram remanejados pra outros estabelecimentos como o CENE, Carlos Porto, salas de Sindicato e outros. Foi uma fase muito difícil, até que em 1962, deu-se a tão esperada inauguração do prédio próprio para o Grupo Escolar João Feliciano. Foi uma festa!

Nos últimos anos, aposentado, era convidado e participava, feliz, do ¨Túnel do Tempo¨, confraternizações realizadas por turmas de ex-alunos, todo primeiro sábado de outubro.

Também tomou conhecimento, alertado pelo ex-aluno Roberto Moura (da Copa Imóveis), dos depoimentos pela Internet na Comunidade da João Feliciano, que lhe avivaram gratas lembranças do seu trabalho de educador.

O amor e dedicação devotados à família estendiam-se a Lorena, sua cidade natal, a Jacareí onde fincou raízes e a missão de Professor.

 Desde 1974, participou do Movimento das Equipes de Nossa Senhora, que nasceu durante a 2ª Guerra Mundial e estendeu-se a quase todos os países e cuja mística é o aperfeiçoamento da espiritualidade conjugal e familiar, buscando o fortalecimento da família, célula-mater da sociedade.

Também lecionou em Cursos Populares Noturnos de Alfabetização.

Em Cafelândia, na época da 2ª Guerra Mundial, alfabetizava alunos japoneses que não conheciam o nosso idioma. Em Avanhandava, organizou cursos de admissão ao ginásio.

Foi Professor de Português e Geografia no Ginásio Antônio Afonso.

Foi Professor Municipal desde 1964 e também prestou serviço junto à Secretaria de Educação e Cultura, ao Museu de Antropologia, à Associação Auxílio Fraterno Cônego José Bento, à Legião Brasileira de Assistência e foi membro do Serviço de Colocação Familiar, junto ao Fórum.

É Patrono da Academia Jacarehyense de Letras, sendo ocupante da Cadeira da Cadeira de nº 19.

Tão significativa e importante foi a atuação do nobre mestre Professor Hugo Del Mônaco para a formação e orientação à sociedade, nas cidades por onde passou e especialmente Jacareí, que assim se expressou sua ex aluna, Sandra Hasmann:

¨Vivemos em um tempo em que a banalização dos valores fundamentais para a construção de um futuro digno para a humanidade tem transformado e automatizado os seres humanos, fazendo-os esquecer o que é ser racional, sensível, espiritualizado, e que resulta numa frágil noção de Ética e Cidadania.

Graças ao Bom Deus, a Academia Jacarehyense de Letras, sinaliza o caminho através do despertar dessa sensibilidade e da curiosidade inata, dos jovens da nossa comunidade para a essência humana, e enquanto pudermos tocar a alma das pessoas, através das nossas palavras e nossos escritos, haverá uma luz no final do túnel chamada Esperança. E, por representar tão bem essa esperança, escolhi para meu patrono o professor Hugo Del Mônaco, e abro aqui um parêntese para narrar um fato que, acima de todos, tanto me fascinou: na década de 40, durante a guerra, ele lecionou em cursos de alfabetização como voluntário, para alunos japoneses. Se transitar entre aqueles que, teoricamente, representavam os inimigos de guerra, já era uma árdua tarefa, passível de grande senso de diplomacia e boa vontade, imaginem o grau de dificuldade, se considerarmos que esses japoneses não falavam português?! Pois nosso abnegado e dedicado professor conseguiu, com amor e dedicação, alfabetizá-los em nosso idioma, sem falar uma palavra em japonês!!!

Ultimamente gostava de relembrar belas músicas ao piano, tocando para os familiares a amigos.

Por tudo o que o Professor Hugo, fez durante a sua vida, pelo amor e o carinho que ele dedicou ao próximo, ele se transformou num símbolo de professor, de cidadão, de Cristão atuante e paradigma a ser seguido pelas futuras gerações. Felizes somos nós jacareienses que pudemos com ele conviver grande parte de sua vida honrada e laboriosa.

Em sua homenagem uma escola do Jardim Bela Vista em Jacareí recebeu o seu nome.

O Professor Hugo faleceu aqui mesmo em 05 de julho de 2010, às 14,50 horas.

 

PÁGINA INICIAL GALERIA DE FOTOS PROFESSORES

Este site é administrado e gerenciado por Celso Luís Vasques -  Editado pela última vez em 11/02/2020 19:43

Envios de arquivos, fotos e correções para jacarei@jacarei.blog.br - WhatsApp > 12-997798242