NOSSOS MESTRES INESQUECÍVEIS

 

PProfessor

Antonio Lellis Vieira

* Agricultura

 

O Professor Antonio Lellis era natural da cidade de Jundiaí - SP, onde nasceu em 15 de maio de 1988, filho de Bernardino Thiago Vieira e de Bernardina Luiz Vieira, onde residiu por pouco tempo, uma vez que, a família logo se mudou para a cidade de Ubatuba - SP e, por lá, passou toda a sua infância, cursando inclusive a escola primária.

Aos 12 anos de idade, órfão de pai, foi residir em São Luiz do Paraitinga - SP, em companhia de seu tio Manoel Vieira, senhor de grandes recursos e comerciante na cidade. Começou a trabalhar na empresa de seu tio e ao mesmo tempo estudou Contabilidade, ficando responsável pela parte burocrática e afins, onde permaneceu longos anos, até o encerramento da empresa, em razão do falecimento de seu tio.

Foi para Taubaté - SP, onde residiu por algum tempo e trabalhando para a Família Oliveira Costa, tradicional de possuidora de grandes fazendas de lavoura de arroz no Vale do Paraíba. Nessa fazenda Antonio Lellis era também administrador e contador.

Logo foi transferido para Jacareí, na mesma função. Gostava muito de viver no campo, trabalhar com agricultura e pecuária. Era muito estudioso e dedicado nos estudos relativos.

Em 1925 contraiu núpcias com Maria Clemildes de Paula. Transferiu-se para Mogi da Cruzes - SP, onde trabalhou algum tempo na Cia. Construtora. Ao término dos serviços passou a trabalhar no Serviço Sanitário do Estado, sendo novamente transferido para Jacareí.

Em 1936 foi fundada a Escola Profissional Agrícola Mista "Cônego José Bento" de Jacareí, com aluno internos, vindos de todo o Estado.

Foi convidado para pertencer ao quadro de funcionários, sendo nomeado para exercer o cargo de Ajudante de Cultura Agrícola, em cuja função exercida durantes anos, passou 'a categoria de Mestre da Cultura Agrícola. Ministrou aulas práticas de agricultura aos alunos do estabelecimento até 1958, quando foi obrigado a afastar-se de suas atividades, visto ter completado 70 anos de idade.

Homem probo, trabalhador, honesto, inteligente, nunca perdeu um dia de serviço, apresentava-se sempre 10 minutos antes do início do expediente.

Em 1963, faleceu sua esposa, companheira dedicada por 38 anos. Desta união nasceram cinco filhos, entre eles, Geraldo, Francisco, Celso Guido.

Aos 90 anos de idade, bem lúcido ainda, ele faleceu em 9 de julho de 1978, deixando uma imagem imortal aos seus filhos e alunos, bem como 'a coletividade jacareiense, pelos bons ensinamentos, moral, amor e fraternidade.

Em 2008, por justa homenagem, seu nome foi denominado para designar o EMEI localizado no Parque Califórnia, por autoria do Vereador Genésio Rodrigues, através da Lei 5292/2008.  

 

PÁGINA INICIAL   PROFESSORES

Este site é administrado e gerenciado por Celso Luís Vasques -  Editado pela última vez em 10/02/2020 22:20

Envios de arquivos, fotos e correções para jacarei@jacarei.blog.br - WhatsApp > 12-997798242