LITERATURA - ADILSON APARECIDO PELOGGIA

 

Adilson Aparecido Peloggia, popularmente conhecido como Dil ou Dil do Banespa por 24 anos, Dil do Saae por 12 anos, e agora o Dil do E.C. Elvira. Nasceu em Jacareí no dia 23 de agosto de 1959 e por aqui fincou suas raízes, e como a maioria da rapaziada, também estudou no CENE Silva Prado.

Casado a 34 anos com a Dona Célia Martins, que foi professora da Prefeitura de Jacareí e hoje já aposentada, com quem teve os filhos, Állan e Allyson.

Com onze anos ganhava seu primeiro concurso estudantil com a poesia “Dorme Ruazinha”. Depois disto nunca mais parou de escrever, mas dificilmente compartilhava com alguém.

Mas um fato muito triste com um colega de trabalho no SAAE que faleceu em plena assembleia salarial na praça do Xico Pizza o “obrigou” a divulgar suas crônicas e poesias entre seus colegas de trabalho tendo enorme aceitação.

Incentivado pela escritora Ana Patrocínio participou do Troféu Jacaré da Academia Jacaryense de Letras em 2015. Foi premiado com um troféu pela sua crônica e uma medalha pela sua poesia.

Tomou gosto e desde 2015 participando de concursos, já ganhou 5 Troféus e 3 medalhas.

Dois trabalhos foram publicados em coletâneas: Escritores de Jacareí e uma Antologia do Tempo. Também duas poesias se transformaram em canções na maravilhosa voz da cantora Kelly Rizuto. O tempo e o vento e Não tentem me calar.

 

PÁGINA INICIAL LITERATURA GALERIA DE FOTOS CRÔNICAS PERSONAGENS

Este site é administrado e gerenciado por Celso Luís Vasques -  Editado pela última vez em 06/09/2021 18:18

Envios de arquivos, fotos e correções para jacarei@jacarei.blog.br - WhatsApp > 12-997653533