ESPAÇO CANTO DAS POESIAS

 

Luiz Jacinto da Silva Filho

"ORAÇÃO"

 

Deus... Deus... Deus...

... Onde estás?

Donde vim?

Quem sou eu?

Por que não tenho paz? ...

Procuro-Te em tudo

E não Te acho.

Nos pássaros,

nas flores,

Em rápidos amores.

Nas águas de um riacho...

Por que os outros sorriem

E eu não, Por que?

Por que trago esta tristeza,

que trouxe em minha natureza ? ...

Procuro escapar, mas em vão...

 

A esta angústia

Quero por um fim,

Quero o fim último da sorte,

Mas, covarde, ai de mim!

Fujo espavorido,

Ante o soturno  espectro da morte,

que vem me buscar.

Não... Não é isso que eu quero,

Mas em vão espero...

Quero que os olhos meus

Mostre-me Deus...

Não quero na morte,

E sim em vida.

Quero ver Deus,

Nem que venha pura ferida,

Sua mão hei de beijar.

Ante que os passos meus,

Ao fim me levem,

Por favor,

Te peço com fervor,

Venha a mim, ó Deus...

L. J. da Silva Filho – 1967

 

PÁGINA INICIAL

CANTO DA POESIA

Este site é administrado e gerenciado por Celso Luís Vasques -  Editado pela última vez em 10/05/2020 17:25

Envios de arquivos, fotos e correções para jacarei@jacarei.blog.br - WhatsApp > 12-997653533