ESPAÇO CANTO DAS POESIAS

 

Judith Pedroso

"Geograficamente falando... II" 

 

Dos Montes Urais aos Pampas

Da Foz do Hudson ao "Velho Chico"

De repente, num passe de mágica,

Das Bacias Hidrográficas 'as enormes falésias.

 

Era mágica... Só pode ser!

 

E as Tundras?

Parecia que algum duende vivia lá! ...

Os Andes...

Algum sonho ficou por lá!

 

E o globo girava como uma roleta russa

Ah! A Síbéria, ativa e gelada

Se contrapondo, ao sol escaldante do Saara...

O sinal soara!

 

Descíamos das nuvens: cirros, cúmulos...

Até a próxima viagem:

Talvez com as correntes marítimas

Ou as calotas polares.

 

Ou com as Monções

Oscilando as vagas dos mares

Talvez as dunas que invadem

Ou os Fusos Horários que nunca batem? ...


Fiz das aulas da Professora Alba Lopes da Costa, minhas viagens.

Estive nos Andes e realmente é como a Senhora falava: cinza, sem vegetação, imensa cordilheira.

Sentei-me, coloquei meus pés nas águas águas geladas do degelo da neve e vi nossa pequenez

ante as Obras do Senhor!

Judith Pedroso  – 05/03/2006

 

PÁGINA INICIAL

CANTO DA POESIA

Este site é administrado e gerenciado por Celso Luís Vasques -  Editado pela última vez em 10/05/2020 17:22

Envios de arquivos, fotos e correções para jacarei@jacarei.blog.br - WhatsApp > 12-997653533