ESPAÇO CANTO DAS POESIAS

 

"A D E U S" 

 

Morreu Amaury...

Chorem poetas, políticos e professores

Chorem comerciantes, pais e alunos

Chore Jacareí

 

Morreu Amaury...

O amigo, o conselheiro, o professor

O sociólogo, o contador e o mestre

de Jacareí

 

Morreu Amaury...

E com ele o sorriso de coelho

A piada, o boteco e o pescador

O símbolo da vida que trocou Pinda

Pelo amor de Jacareí.

 

Morreu Amaury...

Meu pai e meu amigo

Meu mestre e meu conselheiro

Meu enrolador que até na pingaiada

Era o meu Amaury...

 

Debitem contadores o Amaury

Pois é perda e é prejuízo

Mas creditem como lucro sua ação

de amor, de juventude, de fraternalismo

Dos Conselhos e do bem-querer 'a família

De tudo que nunca quis para si...

 

Creditem no coração o Amaury...

Que teve um TRIUNFO na vida

de amizade, de contabilidade

e do amor de toda Jacareí

Homenagem dos filhos e demais amigos a um dos maiores PAI e AMIGO que o mundo conheceu

José Bueno Filho – 1985

 

PÁGINA INICIAL

CANTO DA POESIA

Este site é administrado e gerenciado por Celso Luís Vasques -  Editado pela última vez em 10/05/2020 17:22

Envios de arquivos, fotos e correções para jacarei@jacarei.blog.br - WhatsApp > 12-997653533