ESPAÇO CANTO DAS POESIAS

 

Carlos Aparecido Nogueira

"FOLHAS SOLTAS"

 

Como as folhas soltas, caídas

Sem vidas a rolar pelo chão

Estamos nós nesta eterna estação

Neste infindável outono de nossas vidas...

 

Já não existe a vital seiva - o amor

Já não há razão de existir, pois sei

que dos ventos que semeei com meu desamor

Somente a dor da tempestade colherei...

 

E assim condenados seguiremos

A esperar a primavera que não teremos

Pois a sorte para nós já foi lançada

E tristes solitários mesmo sem revolta

Haveremos de sofrer a dor traçada

de saber que para nós jamais haverá a volta...

C. A. Nogueira – 1967

 

PÁGINA INICIAL

CANTO DA POESIA

Este site é administrado e gerenciado por Celso Luís Vasques -  Editado pela última vez em 10/05/2020 17:14

Envios de arquivos, fotos e correções para jacarei@jacarei.blog.br - WhatsApp > 12-997653533