ESPAÇO CANTO DAS POESIAS

 

Amaury Teixeira Vasques

"LÁGRIMAS" 

 

Se as lágrimas corridas de meus prantos

fossem todas, todas unidas ao teu peito

formariam certamente um mar de cantos

a embalar em vagas o nosso amor refeito

 

Seria de todos os mares, o mais profundo.

A luz da vida seria só, só felicidades.

Seria unicamente nosso esse novo mundo

Sem dores, rancores, tristezas, maldades.

 

Ouviríamos em par o cantar das sereias

teríamos do luar o brilhar nas areias,

a formarem este mundo de encanto perfeito.

 

E se assim vivêssemos, em almas unidas,

mais choraria para que as lágrimas corridas

fossem todas, todas, unirem-se ao teu peito

A. T. Vasques – 1967

 

PÁGINA INICIAL

CANTO DA POESIA

Este site é administrado e gerenciado por Celso Luís Vasques -  Editado pela última vez em 10/05/2020 17:11

Envios de arquivos, fotos e correções para jacarei@jacarei.blog.br - WhatsApp > 12-997653533